Cadastre-se para receber atualizações por e-mail

x
x
6 tipos de ioga que existem e seus maiores benefícios - Blog WinSocial

6 tipos de ioga que existem e seus maiores benefícios

7 minutos para ler

Você sabia que existem 6 principais tipos de Ioga que iniciantes podem praticar? A cada ano a prática da Ioga tem ganhado mais adeptos, fazendo com que seus benefícios para a saúde e corpo sejam descobertos. Porém, ainda existem muitas dúvidas sobre esse tipo de exercício. Muitas pessoas acham que é algo apenas para mulheres, outras apenas para quem é flexível ou que essa é uma prática de alongamento estática e chata. Nada disso é real. Na verdade, existem vários tipos de Iogas.

Apesar de parecer algo complexo e pouco acessível, a Ioga é um tipo de exercício físico bastante completo e que requer muita prática e concentração. Por ser um universo tão vasto, é fundamental que os praticantes conheçam os diferentes tipos de Iogas e entendam melhor quais as vantagens de cada um.

Então, se você está pensando em começar essa atividade e não sabe por onde começar, chegou ao lugar certo! Hoje vamos falar sobre os 6 principais tipos de Iogas que existem, conhecendo melhor cada um deles. Vamos lá!

O que é Ioga e onde ela surgiu?

A Ioga é uma técnica milenar indiana que propõe para o praticante o cessar das flutuações da mente por meio de exercícios respiratórios, posturais e meditação. A palavra deriva do sânscrito yuji, que significa a união. Patanjali — aquele que caiu do céu durante uma oferenda — foi o primeiro a juntar os princípios da Ioga em sua obra conhecida como Yoga Sutras, escrita no séc II d.C.

Essa atividade tem como foco trabalhar o corpo e a mente de uma forma integrada e interligada, usando ações que ajudam no controle do estresse, dores do corpo, ansiedade, incômodo na coluna, além de promover sensação de disposição e bem-estar, melhorar o equilíbrio e a longevidade.

A ioga é descrita como a prática que engloba diversos campos como espiritual, ético, físico, mental, moral e meditativo, fazendo com que os adeptos vejam como uma filosofia de vida para potencializar a saúde e trazer mais harmonia para vida em todos os aspectos. Não se trata apenas de algo para entretenimento ou emagrecimento, mas sim um domínio e evolução da mente e corpo.

Quais os tipos de Ioga que existem?

Originalmente, a chamada “árvore do yoga” tinha apenas um único ramo. Mas, com o passar do tempo vários tipos de Ioga surgiram, se adaptaram às necessidades e evolução do ser humano. Muitas vezes, pessoas mais conectadas ao esporte ou à agitação das atividades físicas tendem a escolher um estilo de Ioga mais centrado e dinâmico. No entanto, àquelas mais ligadas ao espiritual gostam de aulas mais focadas em meditação e menos atividades. Vamos conhecer os 6 principais tipos de Ioga.

1. Anusara Ioga

Em sânscrito o tempo anusara significa “usar e fruir com o coração”. Por isso, as aulas desse tipo de Ioga são mais intensas espiritualmente. Criada por John Friend em 1977, a Anusara combina aspectos espirituais e físicos, convidando o aluno a ouvir seu coração e felicidade durante a prática. Existem 3 principais pontos nesse estilo:

  • alinhamento:o aluno executa a posição com máxima atenção para o alinhamento do corpo;
  • ação: cada movimento é uma expressão do coração e ,por isso, praticante deve perceber e sentir em todas as formas;
  • atitude: reconhecimento e despertar do verdadeiro ser.

2. Ashtanga Ioga

Pattabhi que fundou essa antiga prática de Ioga. Esse é um estilo mais rigoroso com várias sequências preestabelecidas. Da mesma forma é conhecido pelas posições sempre feitas na mesma ordem e intercaladas com uma sequência dinâmica conhecida como Vinyasa — forma popular e moderna de Ioga, com um estilo mais dinâmico e esportivo.

Durante essas aulas não é essencial ter alinhamento nas posições, mas sim prestar atenção na energia que flui entre os movimentos e a respiração. É uma prática intensa, bastante recomendada para quem deseja suar e tonificar o corpo.

3. Bikram Ioga

Esse estilo foi patenteado por um indiano chamado Bikram Chudhury para recriar o ambiente indiano em um quarto, por isso, a aula é feita em uma sala aquecida a 38 ºC. O aluno precisa de um tapete antiderrapante resistente ao suor e gostar de repetições, pois são sempre 26 posições que o aluno executa em sequência, sem mudanças. 

Existe um tipo de Ioga chamado de “Hot Yoga”, que é quase a mesma coisa que o Bikram. A diferença é que o primeiro não tem uma sequência predeterminada, mas também tem o mesmo esquema de aquecimento durante a aula.

4. Hatha Ioga

Esse estilo é a base na qual todos os outros foram construídos em sucessão, já que é um tipo de Ioga mais tradicional, com atenção às posições e respeito dos limites do corpo. O termo Hatha significa lua e sol e, por isso, essa prática tenta restaurar, por meio das posições, o equilíbrio no corpo de cada indivíduo, criando algo completo e harmônico.

5. Iyengar Ioga

Essa é uma prática que tem suas origens devido a um dos yogues mais importantes da história: BKS Iyengar. Na aula é preciso ter atenção para alinhar as posições e manter a postura correta por um longo tempo, para que os benefícios possam ser sentidos. Além disso, diferente de outros tipos de Ioga, aqui, para permitir que o aluno fique confortável em uma asana, o professor precisa utilizar tijolos, cordas, almofadas, cadeiras, cintos e até pequenos bancos.

A dificuldade nessa prática não está no movimento em si, mas sim na estática exigida. Então, é preciso se manter em uma mesma posição durante bastante tempo, o que requer intenso esforço físico.

6. Vinyasa Flow Ioga

Vinyasa significa fluxo, fazendo com que essa aula seja algo com movimento incessante, dinâmicas de asanas com respiração sincronizadas e sequências harmônicas. Como resultado, com esse fluxo de energia o praticante consegue experimentar a sensação por todo o corpo, de uma forma totalmente equilibrada. A principal diferença desse estilo é que não existe uma sequência preestabelecida, sendo algo mais esportivo e atlético.

Quais os principais benefícios da e como os vários tipos de Ioga podem ajudar

Para conseguir sentir todos os benefícios da Ioga é necessário pelo menos 3 meses regulares de prática, já que a medida que existe essa constância, é possível criar maior consciência corporal e controle sobre a mente. Em suma, além de equilibrar organismo e mente, a Ioga oferece benefícios como:

  • ajuda no emagrecimento e no controle da obesidade;
  • alívio de dores corporais;
  • condicionamento físico;
  • controle de pressão e batimentos cardíacos;
  • diminuição de ansiedade e estresse;
  • melhora do sono;
  • reduz a inflamação.

Listamos aqui apenas 6 tipos de Ioga, porém existem outros estilos que combinam um pouco da versão tradicional com pegadas mais inovadoras. Por isso, antes de escolher o tipo ideal para você, é preciso entender e avaliar suas próprias necessidades e objetivos, reconhecendo qual prática é mais adequada para o seu corpo e metas. 

Não temos dúvidas de que esse conteúdo ajudou você. Então, que tal compartilhá-lo nas redes sociais? Assim, você faz com que essas informações cheguem até amigos que também estão buscando um estilo de vida mais saudável e completo!

Comentários

Você também pode gostar
-