O que é seguro invalidez e o que está garantido nele? Descubra

5 minutos para ler

O seguro não está limitado a pagar indenização apenas para eventos que envolvam óbito. Na verdade, são diversas as situações em que um seguro pode ser aplicável e garantir uma cobertura.

Por exemplo, em um acidente que provoque sequelas incapacitantes para a vida normal do segurado (pessoa que comprou algum tipo de seguro) a indenização pode ser paga. É aí que entra o conceito de seguro contra a invalidez. Descubra o que é este tipo de seguro e o que está garantido nele.

O que é o seguro com cobertura contra a invalidez?

Considere, por exemplo, a ocorrência de um acidente grave mas que retire a sua capacidade de trabalhar normalmente.

Pode ser que você até tenha um seguro de vida, que garante uma indenização no caso de fatalidade. Mas se você não “partiu dessa pra melhor”, a vida continua, só que agora você está impossibilitado de trabalhar, ou seja, gerar renda para continuar tocando a vida. Ainda, pode ser que como consequência do acidente, você precise arcar com custos do tratamento que não existiam anteriormente.

É justamente aí que entra o conceito do seguro contra a invalidez. Esse tipo de seguro te dá direito a uma indenização financeira, caso você sofra um acidente que te cause a invalidez, ou seja, te incapacite de exercer suas atividades profissionais.

Quais as situações cobertas?

Quando se fala em invalidez, é preciso considerar o significado dessa palavra para sua aplicação no seguro. Desse modo, existem diversas situações que poderão estar amparadas por essa cobertura.

Além disso, deve ser levado em conta que a invalidez pode ser permanente ou apenas uma incapacidade temporária. Por sua vez, mesmo no caso de uma invalidez permanente, essa condição pode ser total ou parcial, sendo a primeira impeditiva da condução de atividades, e a segunda, referente a perda de apenas de parte da capacidade de desempenho.

Aqui na WinSocial no caso, focamos na cobertura da invalidez permanente total, ocasionada por algum acidente. Veja na sequência.

Invalidez por acidente

Essa cobertura é destinada a dar suporte no caso de uma invalidez ter sido provocada por um acidente. Com isso, o seguro deve pagar uma indenização ao próprio segurado no caso de perda, redução ou incapacidade funcional de um órgão ou um membro.

O valor da indenização é proporcional à lesão resultante do acidente ocorrido, sendo o limite da indenização definido na contratação.

Considere, como exemplo, um acidente levando à perda da visão em um olho, caracterizando uma invalidez permanente parcial. Por sua vez, no caso de perda da visão nos dois olhos, a invalidez permanente seria total.

Lesões

Lesões provocadas em membros ou órgãos do corpo justificam o pagamento de indenização por parte do seguro. Essas lesões podem tornar o órgão ou membro incapaz de realizar suas funções, total ou parcialmente.

De forma resumida, as diversas possibilidades de seguro invalidez disponíveis no mercado para a composição de uma apólice podem ser assim relacionadas:

  • Invalidez Permanente Total por Acidente;
  • Invalidez Permanente Total ou Parcial por Acidente;
  • Invalidez Funcional Permanente Total por Doença;
  • Invalidez Funcional Permanente Total por Doença Antecipação;
  • Invalidez Permanente Total ou Parcial por Acidente com Majoração.

Quais as situações que o seguro invalidez não cobre?

Diferentes situações podem provocar eventos que levem à condição de invalidez. No entanto, algumas dessas situações não estão incluídas nas possibilidades de cobertura pelo seguro.

Tentativa de suicídio

Se uma tentativa de suicídio não ocasionou o óbito mas deixou sequelas que resultaram na invalidez do autor, não haverá cobertura para invalidez, visto que a tentativa é entendida como ato voluntário, não sendo configurado assim um acidente.

Fenômenos da natureza

Inúmeros fenômenos da natureza podem resultar em danos que levem à invalidez. No entanto, nesses casos não há cobertura para indenizar o segurado.

Assim, estão inclusos tempestades, furacões, terremotos, erupções vulcânicas e outros eventos da natureza. De maneira geral, esses desastres naturais não encontram suporte de cobertura nas seguradoras.

Consumo de álcool e drogas

É muito comum encontrar restrição das seguradoras para cobertura de sinistros provocados por comportamentos resultantes da ingestão de álcool ou drogas. No entanto, é necessário que restrições dessa natureza estejam explicitadas no contrato.

De forma geral, o consumo dessas substâncias é considerado uma ato voluntário, e caso um acidente decorra dessa atitude, não haverá cobertura por invalidez.

Atitudes de risco

Na contratação de um seguro de vida com cobertura para invalidez, é importante que o segurado leve em conta as previsões de restrição existentes. Assim, por exemplo, situações caracterizadas como atitudes de risco apontadas no regulamento devem ser observadas.

Conforme salientamos anteriormente, se um acidente levar à invalidez do segurado em razão de um risco voluntário que ele assumiu, poderá não haver a indenização.

Conhecendo as coberturas que podem estar presentes na sua apólice de um seguro invalidez, fica mais fácil definir as suas necessidades na hora da contratação.

Aqui na WinSocial você também pode fazer uma simulação gratuita em nosso site e ver quais cobertura de vida e invalidez se adequam a sua necessidade.

Se você gostou deste post, continue conosco em nossa página no Facebook e saiba tudo que precisa para estar sempre seguro.

Comentários

Você também pode gostar
-