Cadastre-se para receber atualizações por e-mail

x
x
Polifagia, Poliúria e polidipsia: conheça os sintomas característicos da diabetes

Polifagia, Poliúria e polidipsia: conheça os sintomas característicos da diabetes

Polifagia, Poliúria e polidipsia: conheça os sintomas característicos da diabetes
6 minutos para ler

Mais de meio bilhão de pessoas no mundo todo convivem com a diabetes. Há uma espantosa previsão de que esse número chegue a 784 milhões no ano de 2045, segundo a Federação Internacional de Diabetes (IDF, na sigla em inglês). Boa parte dessas pessoas padecem com 3 sintomas: polifagia, poliúria e polidipsia.

É muito importante conhecer os sintomas da diabetes para facilitar o diagnóstico e iniciar logo os cuidados requeridos. Para as pessoas com diabetes já diagnosticada, o conhecimento dos sintomas pode ajudar a conduzir as ações de monitoramento e controle, ajustando medidas quando pertinente.

Continue a leitura e conheça os sintomas característicos da diabetes como polifagia, poliúria e polidipsia.

Por que é importante conhecer os sintomas da diabetes?

A natureza da condição diabética requer monitoramento e cuidados específicos, principalmente no sentido de manter controlados os níveis de glicemia, isto é, as taxas de glicose no sangue. Ocorre que muita gente está nessa condição, mas ainda não sabe. No entanto, a abordagem precoce evita maiores desgastes e reduz os riscos.

Dessa forma, conhecer os sintomas característicos da diabetes facilita o cuidado de verificação da real situação do corpo. É muito mais fácil considerar a necessidade de uma adequada avaliação médica quando a própria pessoa percebe os sintomas que porventura esteja apresentando.

O diagnóstico da diabetes é muito fácil da pessoa obter. Quase sempre, basta um exame de sangue e uma consulta médica para se conhecer o comportamento do organismo na gestão do açúcar ingerido. A partir daí, maiores cuidados podem ser adotados para que se tenha controle da situação da forma mais precoce possível.

Para a pessoa que já convive com essa condição, o surgimento dos sintomas sinaliza um possível descontrole ou uma insuficiência das medidas que vêm sendo tomadas. Nesse sentido, as práticas que vinham sendo adotadas podem estar requerendo maior atenção para que sejam eficazes em seus objetivos.

Assim, leve em conta que pode ter origem na diabetes o surgimento dos seguintes sintomas, entre outros:

Devido à sua importância e elevada incidência, serão abordados com mais detalhes neste post o conjunto de sintomas conhecido como “3P”. Acompanhe.

Quais são os principais sintomas característicos da diabetes?

A diabetes pode apresentar diversos sintomas, uns mais e outros menos intensos. No entanto, existe um grupo característico conhecido pela sigla “3P”, que representa a polifagia, a poliúria e a polidipsia, três importantes sintomas da condição diabética que merecem ser destacados.

Esses sintomas estão relacionados entre si em um ciclo onde um provoca o surgimento de outro. Veja a seguir cada um deles com mais detalhes.

Polifagia

O acúmulo de glicose no sangue, uma das características da diabetes, faz com que menos quantidades de glicose cheguem às células dos diferentes tecidos. Em consequência, os tecidos sinalizam para o cérebro a informação de que suas células não têm combustível para a necessária energia funcional.

Como resposta, é acionado o mecanismo de fome, a fim de que o indivíduo se alimente e supra a energia requisitada. As células e o cérebro “não sabem” que é a condição diabética que impede que sejam abastecidas e continuam informando e considerando que o não atendimento é uma deficiência na alimentação.

É por essa razão que a diabetes faz com que o indivíduo queira comer várias vezes ao longo do dia. Essa condição caracteriza a polifagia. O organismo, então, procura eliminar o excesso de açúcar pelos rins, por meio da urina, fazendo surgir um outro sintoma ou o segundo “P”: a poliúria.

Poliúria

Na pessoa com diabetes, grandes quantidades de glicose no sangue exigem maior trabalho dos rins para sua eliminação. Para isso, também uma maior quantidade de urina é eliminada, mas com maior frequência que o normal, caracterizando a poliúria. Leve em conta que outras doenças são relacionadas à poliúria.

Por sua vez, essa perda de grandes volumes de água provoca desidratação no organismo e, ao mesmo tempo, uma consequente necessidade de maior ingestão de água. Esse é um ciclo vicioso que se instala e pode-se perceber na cor clara da urina a presença da grande quantidade de água anteriormente ingerida e que está sendo eliminada.

Polidipsia

A polidipsia é uma sensação de sede mais intensa que o normal, que a pessoa com diabetes apresenta em razão, sobretudo, da poliúria instalada, como você pode perceber. Leve em conta que a sede é um mecanismo natural para impedir a desidratação do corpo, ou seja, é um cuidado natural para se adequar à situação.

No caso da diabetes, o risco de desidratação, como visto, se origina na poliúria. Dessa forma, se a pessoa não controlar seus níveis de açúcar no sangue, poderá entrar em um ciclo contínuo, caracterizando a ocorrência do referido evento “3P”.

Qual a importância do acompanhamento médico?

O aumento da glicemia, isto é, a presença de elevadas taxas de glicose no sangue pode resultar, entre outras, em complicações para diferentes áreas do corpo. Assim, o coração, as artérias, os olhos, os rins e os nervos podem padecer pelas consequências dos desequilíbrios e descontroles.

Por sua vez, a pessoa diagnosticada precisa ser suficientemente orientada, uma vez que o tratamento visa, essencialmente, o controle glicêmico. Nesse sentido, a Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD) preconiza ainda como objetivos do tratamento:

  • alívio dos sintomas;
  • melhora da qualidade de vida;
  • prevenção de complicações agudas e crônicas;
  • redução da mortalidade;
  • tratamento das doenças associadas.

Por tudo isso, o acompanhamento médico é indispensável. A diabetes não é uma condição com a qual se deva realizar experiências domésticas com riscos para a pessoa.

Considere que existem medidas necessárias, reconhecidas e adotadas em todo o mundo, como a mudança de hábitos. A orientação e o acompanhamento médico constituem o melhor caminho para sua implementação no interesse da saúde e da qualidade de vida da pessoa.

Como você pôde ver, polifagia, poliúria e polidipsia constituem importantes sintomas da diabetes que devem ser observados e tratados com atenção, principalmente porque se retroalimentam entre si, um induzindo o surgimento do outro. Para isso, é indispensável considerar sempre o acompanhamento médico.

Agora que você já conhece os principais sintomas da diabetes, veja com mais detalhes o que é poliúria, suas causas e sintomas.

Comentários

Você também pode gostar
-