Aprenda como fazer um planejamento financeiro pessoal eficiente

6 minutos para ler

Investir em planejamento financeiro pessoal é a chave para cuidar melhor do seu dinheiro e, consequentemente, ter segurança e oferecer qualidade de vida para toda a família.

Para isso, é essencial saber como planejar suas finanças e gerenciar melhor suas receitas e despesas. Entre as dicas para começar a aplicar agora mesmo, estão anotar todas as entradas e saídas das suas contas e cartões, definir os objetivos financeiros da família e criar um orçamento mensal.

Também é importante aprender a poupar e a investir dinheiro e fugir das compras a prazo e dos gastos por impulso. Entenda como investir em educação financeira e fazer um planejamento pessoal eficiente!

Anote todas as despesas e receitas

O primeiro passo para um bom planejamento financeiro pessoal é ter a real noção da situação das suas finanças. Nesse sentido, comece a anotar todas as despesas e receitas da família. Dessa forma, você saberá exatamente tudo o que recebe, os principais gastos e, principalmente, em que categorias do orçamento estão as principais despesas. É importante anotar mesmo os pequenos custos. Somados, eles podem fazer toda a diferença no orçamento no final do mês.

Defina os objetivos financeiros da família

Além de entender as receitas e despesas da casa, para fazer um bom planejamento financeiro, é preciso definir quais são os objetivos financeiros do grupo familiar. Ao saber o que deseja conquistar financeiramente, fica mais fácil gerenciar seus gastos para garantir que o dinheiro está sendo usado naquilo que é realmente importante para você e sua família.

Entre os objetivos possíveis, estão fazer uma viagem de férias, dar entrada em um novo apartamento ou ter determinada renda no momento da aposentadoria. Separe os objetivos de curto, médio e longo prazo e, a partir daí, defina quanto deve ser poupado por mês e por quanto tempo para atingir aquilo que deseja.

Determine um orçamento mensal

Objetivos financeiros definidos, é hora de partir para a prática e criar um orçamento mensal. Nele, separe receitas e despesas e crie categorias de gastos, como moradia, alimentação, saúde, educação, cuidados pessoais, lazer etc.

A partir daí, defina quanto você poderia ou gostaria de gastar por mês em cada categoria. Sempre comece pelas despesas fixas e essenciais, ou seja, que você não pode abrir mão, como a parcela do financiamento da casa, a mensalidade do colégio etc. Em seguida, parta para os gastos variáveis e que não são essenciais, como compras, lazer e bares/restaurantes. Caso o orçamento esteja apertado ou as despesas estejam ultrapassando as receitas, veja em que categorias é possível cortar gastos.

Aprenda a investir seu dinheiro

Outro passo indispensável para um planejamento financeiro pessoal eficiente é ter prioridades financeiras. Com isso em mente, é preciso criar o hábito de poupar e investir dinheiro para, assim, atingir os objetivos da sua família e fazer seus ganhos renderem mais.

Comece devagar, com a definição de uma meta de poupança mensal. O próximo passo é aprender como investir. Para isso, é preciso saber seu perfil de investidor e ter em mente seus objetivos com os investimentos. Dessa forma, você pode escolher os produtos financeiros mais adequados para o que quer alcançar.

Tenha uma reserva de emergência

Parte importante do processo de planejamento financeiro pessoal é a criação de uma reserva de emergência. Como indica o nome, esse é um fundo financeiro para ser usado em situações que não foram previstas, como um gasto inesperado de saúde ou um problema no carro.

O ideal é que a reserva de emergência seja equivalente a, pelo menos, três meses de despesas mensais. Coloque essa quantia em um investimento que ofereça liquidez, pois você pode precisar retirar parte do valor a qualquer momento.

Pague as compras preferencialmente à vista

Para gerenciar suas finanças com sabedoria, é importante também fugir das compras a prazo. Ao parcelar toda e qualquer aquisição, você aumenta as chances de perder o controle das suas despesas. Além disso, ao pagar à vista, também é possível negociar bons descontos que podem fazer a diferença no orçamento.

Planeje bem suas aquisições

Quem quer alcançar a tão sonhada segurança financeira tem que aprender a consumir de forma consciente. Nesse sentido, fuja das compras por impulso e garanta que gastos supérfluos não façam mais parte do seu dicionário financeiro.

Antes de fazer qualquer compra, reflita se você precisa mesmo adquirir aquele produto ou serviço e se ele está alinhado com os objetivos financeiros da sua família. Além de planejar suas aquisições, sempre pesquise preços antes de fazer qualquer compra. Dessa forma, você garante que está comprando o produto ou serviço pelo melhor preço possível.

Acompanhe suas finanças

O sucesso do planejamento financeiro pessoal passa também por acompanhar de perto suas receitas e despesas dia após dia. Afinal, não adianta criar um orçamento e não saber se está conseguindo se manter dentro do limite de gastos estipulado.

É importante reservar pelo menos uma hora por semana para analisar as entradas e saídas das suas contas e cartões de crédito, bem como para conferir se está conseguindo manter as despesas sob controle. Caso tenha extrapolado os gastos em determinada categoria do orçamento, busque compensar em outra para não correr o risco de desequilibrar as finanças.

Acompanhar as finanças inclui também saber o desempenho dos seus investimentos para entender se eles estão tendo a rentabilidade esperada.

Além de aplicar essas dicas na hora de fazer seu planejamento financeiro pessoal, é essencial buscar uma ferramenta para ajudá-lo nessa missão. Confira algumas planilhas, aplicativos e softwares que ajudam na hora de planejar e gerenciar suas finanças:

  • GuiaBolso, aplicativo que registra suas receitas e despesas de forma automática;
  • Minhas Economias, que conta com recursos interessantes, como o Gerenciador de Sonhos;
  • Google Docs, no qual também é possível criar uma planilha de orçamento personalizada.

Comece agora mesmo a fazer seu planejamento financeiro pessoal e, assim, garanta a segurança e a qualidade de vida da sua família neste momento e nos anos seguintes. Faça seu dinheiro trabalhar a seu favor!

Quer saber mais dicas sobre finanças? Confira outros artigos em nosso blog na categoria Doces Finanças. 😉

A WinSocial ajuda a planejar o seu seguro. Você pode fazer uma simulação gratuita em nosso site para começar a se proteger hoje.

Comentários

Você também pode gostar
-