Cadastre-se para receber atualizações por e-mail

x
x
Novembro azul: entenda a importância dessa campanha - Blog WinSocial

Novembro azul: entenda a importância dessa campanha

novembro-azul
6 minutos para ler

Novembro azul, você sabe como esse movimento iniciou? Por isso, compilamos os principais pontos para que você entenda a importância da campanha!

O câncer de próstata ocupa o segundo lugar entre os tumores malignos incidentes na população masculina. Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), há uma previsão de mais de 65 mil novos casos ao fechar o ano de 2021, apenas no Brasil. Essa é a principal razão da campanha do Novembro Azul.

A importância de campanhas dessa natureza e o sucesso que apresentam resultam do esforço de todos, cidadãos, empresas e governos. Com o objetivo de conscientizar o público masculino da relevância das medidas que devem ser tomadas para a saúde, é indispensável conseguir essa mobilização.

Continue a leitura e entenda a importância da campanha do Novembro Azul.

O que é o Novembro Azul?

No dia 17 de novembro foi eleito o Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata. Em razão disso, e com vistas a despertar maior atenção para o assunto, um grupo de 30 australianos iniciou um movimento no ano de 2003, semelhante ao Outubro Rosa, de combate ao câncer de mama.

Assim nasceu a campanha do Novembro Azul, para conscientizar, nos 21 países que a adotaram, a relevância do combate ao câncer de próstata, principalmente por meio da realização dos exames preventivos. A campanha, na verdade, é voltada para a saúde integral masculina.

Embora tenha ênfase nesse tipo de câncer em razão de sua elevada incidência, também aborda os cuidados com doenças crônicas e os demais tumores urológicos como os de bexiga, pênis, rins e testículos. Assim, a ideia essencial da campanha é realizar diagnósticos precoces que permitam conduzir a tratamentos eficazes.

Qual a importância do Novembro Azul?

Pesquisa conduzida no ano de 2015 pela Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) obteve um dado alarmante: 51% dos homens nunca estiveram em uma consulta com médico urologista. Nesse sentido, sabe-se que, além da resistência comum masculina às consultas, ainda existe um grande tabu quando se trata do exame de toque.

Dessa forma, é preciso estimular o público masculino a cuidar de sua saúde. Para esse fim, a campanha Novembro Azul aproveita essa época do ano com chamadas e iniciativas de incentivo para a realização de exames preventivos como verificação da pressão arterial e os exames para detecção do câncer de próstata.

Exames preventivos do câncer de próstata

Os principais exames para detecção do câncer de próstata são:

  • leitura do PSA: exame laboratorial, a partir de coleta de sangue, que mede os níveis do antígeno prostático específico (PSA) no sangue da pessoa;
  • toque retal: exame clínico, realizado no consultório médico em poucos segundos, para avaliação táctil das condições da próstata.

Pessoas sem histórico familiar da doença devem passar a realizar esses exames a partir dos 50 anos de idade. Esse limite já cai para 45 anos quando há histórico de casos em parentes próximos.

Estilo de vida

A campanha do Novembro Azul também é importante por reforçar a necessidade de adoção e manutenção de hábitos saudáveis de vida. Assim, cuidados com a alimentação e a prática de atividades físicas são destacados, sobretudo por propiciar mais qualidade de vida.

Por tudo isso, campanhas dessa natureza que resgatam e estimulam a atenção ao estilo de vida adotado e pelas iniciativas de cuidado que devem ser tomadas periodicamente, são essenciais. Com esse fim, conseguem reduzir a incidência do número de casos não tratados e que costumam levar ao óbito.

Qual a importância dos exames médicos?

Uma vez que esse tipo de câncer é de desenvolvimento lento e na maior parte dos casos só apresenta sintomas relevantes em estágios mais adiantados, a realização de exames para sua detecção é indispensável. Na verdade, os exames constituem o instrumento mais importante de que se dispõe para a prevenção.

Por sua vez, boa parte dos sintomas quando aparece pode ser resultante da hiperplasia benigna da próstata, um crescimento natural devido à idade, e não a um tumor maligno. Além disso, outras circunstâncias podem levar aos mesmos sintomas, o que torna ainda mais necessária a realização dos exames.

Segundo o INCA, 75% dos casos de câncer de próstata em todo o mundo ocorrem em pessoas a partir dos 65 anos de idade. No Brasil, em parte como resultado de campanhas como o Novembro Azul e dos esforços para a conscientização do público masculino, vem sendo observado um número crescente de casos diagnosticados.

Os resultados apresentados pelos exames de PSA e de toque retal associados podem indicar a necessidade de realização de biópsia para definição do diagnóstico. A biópsia prostática é realizada por via transretal ou transperineal, sendo conduzida por meio de ultrassonografia, ressonância magnética ou ambas.

A realização dos exames é tão relevante que, em alguns casos, a condução prescrita pode ser apenas a de acompanhamento por meio de avaliações regulares. Iniciativas que garantam qualidade de vida e reduzam o estímulo à doença, em boa parte dos casos é possível acompanhar qualquer alteração.

Condições de aumento de risco da doença

O histórico de todos os casos de câncer de próstata ocorrentes indica que existem certas condições que resultam em maior risco de incidência da doença. As principais são as seguintes:

  • idade: tanto a incidência da doença quanto o índice de mortalidade provocada aumentam após os 50 anos de idade;
  • gordura corporal: excesso de gordura corporal está associado ao incremento no número de casos avançados da doença;
  • histórico familiar: a existência de pai ou irmão com a doença pode sinalizar a existência de fatores genéticos, mas também do estilo de vida adotado pela família;
  • exposição a contaminantes: algumas substâncias como as aminas aromáticas comuns em diversos processos industriais, além de derivados de petróleo, fuligem e dioxinas apresentam relação causal com o incremento da doença.

O aspecto mais importante que deve sempre ser ressaltado é a detecção precoce da doença. Descobrir sua presença ainda nos estágios iniciais só é possível com a realização dos exames referidos e, por isso, o enfoque da campanha Novembro Azul.

Como você pode ver, a campanha do Novembro Azul tem uma grande importância para o público masculino e é capaz de trazer resultados significativos quanto aos objetivos a que se propõe. A adoção de iniciativas preventivas como consultas e exames médicos podem salvar muitas vidas.

Aproveite e descubra também sobre o câncer de mama.

Comentários

Você também pode gostar
-