Cadastre-se para receber atualizações por e-mail

x
x
Qual é a diferença entre correr na esteira e na rua?

Qual é a diferença entre correr na esteira e na rua?

Qual é a diferença entre correr na esteira e na rua?
6 minutos para ler

Sabia que a diferença entre correr na esteira e na rua pode ajudar na permanência de uma vida saudável? Utilizar esses dois modos para exercitar o corpo é uma estratégia para evitar contusões, se manter estimulado e manter o condicionamento físico.

Se os cálculos das responsabilidades da família, trabalho, lazer e saúde têm resultados desafiadores, a corrida e seus tipos podem ser uma fórmula acessível para conquistar objetivos. Após a leitura deste artigo, você conseguirá definir quais são os seus ganhos no momento de dar passos na esteira ou na rua.

Além disso, entenderá a mudança entre cada tipo de corrida, estando preparado para escolher quais são as dicas que realmente funcionam para as suas corridas. Afinal, cada rotina tem um contexto diferente, então experimentar estratégias é a melhor forma de chegar a um denominador comum. Vamos lá?

O que você ganha ao correr na esteira?

Correr na esteira é uma forma de estudar, com maior segurança, os limites do seu corpo. A escolha por essa máquina funciona como uma simulação de uma corrida na rua. São três os principais benefícios ao utilizar o equipamento: controle, praticidade e estímulo ao esforço.

Controle

O piso firme inalterável permite passadas mais regulares, o que resulta em menos estresse às suas articulações. Na esteira, você tem o poder de escolher o tempo, a velocidade e o nível de inclinação do piso. Essas opções facilitam o controle durante todo o treino.

Praticidade

Nem todos os dias há tempo e disposição para correr no parque ou praia, mesmo que sejam próximos. Você economiza tempo com uma esteira no quarto, prédio ou na sua academia por perto.

Dessa forma, não precisa procurar por uma roupa de academia, se vestir, sair e voltar de casa, dirigir até a orla de alguma praia urbana e se preocupar com estacionamento.

Apenas cinco, dez ou quinze minutos de esteira são de grande ajuda para aumentar sua resistência física. A praticidade de conseguir se exercitar nessas condições é um investimento na qualidade de vida.

Quando falamos de atitudes saudáveis, constância e conhecimento dos limites são dicas importantes que podem ser alcançadas com o uso da esteira. Já pensou em começar a ter maior atenção com a máquina e experimentar durante suas atividades físicas?

Estímulo ao esforço

Você apertou nos botões da esteira e colocou uma velocidade de 8 km/h. Ao contrário de uma corrida, não são as suas pernas que controlam a rapidez. A esteira irá continuar rolando independentemente da sua disposição, a menos que você aperte um botão para pausar ou diminuir a velocidade.

Dessa forma, é como se a esteira “enganasse” o nosso cérebro, fazendo com que se tenha a sensação de comando. Ou seja, ela é um bom empurrãozinho, estimulando o esforço. Por isso que muitos iniciantes no exercício físico começam nesse tipo de corrida.

O que você ganha ao correr na rua?

Com o passar do tempo, pode ser intuitivo começar a querer se tornar mais capaz de superar novos limites ou sofisticar o modo como se corre. A corrida na rua é justamente o momento para dar um passo mais profissional na educação do seu corpo.

Selecionamos três principais benefícios: aumento potencializado da resistência física, consciência corporal e estímulo à criatividade com novas paisagens.

Aumento potencializado da resistência física

Treinos de corrida na rua ajudam o corpo a suportar mais cargas de estresse. Isso porque as condições diversas de solo e clima aumentam o desafio das passadas. Imagine que quem corre na praia, com a areia, lida com um piso que afunda, com maior atrito, além da intensidade do vento.

Mesmo em locais de piso mais homogêneo, há diferenças e maior grau de dificuldade do que a corrida na esteira. Em ambos os tipos, há aumento da resistência. Contudo, a rua é mais desafiadora e pode avançar vários degraus na potencialização dos limites do seu corpo.

O resultado é menos cansaço, mais velocidade de pensamento e prevenção de problemas cardiovasculares e respiratórios. Além disso, a sensação de bem-estar é um prêmio a cada pós treino.

Maior consciência corporal

Sentir cada músculo do seu corpo traz você para viver o presente, pois foca no seu estado exatamente naquele momento. A corrida na rua, por exigir mais das articulações, deixa mais evidente o funcionamento dos limites do corpo, o que permite mais conhecimento sobre ele.

Maior consciência corporal fortalece a autoestima e facilita o entendimento de quais os melhores horários e tipos de atividades físicas encaixados para as suas capacidades.

Estímulo à criatividade com as novas paisagens

Correr na rua permite que você acesse novas paisagens, como parques, praias e praças. Há muitos cantos que permitem a corrida, estimulando a sua criatividade por conta do contato com o inédito, reinventando a sua rotina.

A atitude pode ser um agrado para você se manter estimulado. Por exemplo, escolha um dia na semana para correr em um lugar diferente. Coloque isso como recompensa. Assim, você insere mais dinâmica ao seu cotidiano de exercícios físicos.

Qual é a diferença entre correr na esteira e na rua?

Se você chegou até aqui, apostamos uma corrida como já deve imaginar qual é a diferença entre correr na esteira e na rua. Ambos são úteis e podem ser usados em conjunto. No entanto, o que muda é o grau de dificuldade. Esteira significa mais comodidade, o que pode ser uma boa para se manter constante na atividade física. Enquanto a corrida de rua exige mais do corpo e requer um preparo técnico apurado.

É fato que a diferença entre correr na esteira e na rua consegue solucionar alguns dos desafios ao manter uma rotina saudável. Neste artigo, você entendeu como o conforto da corrida na esteira pode ser o empurrãozinho para iniciar e continuar na atividade. Já a corrida na rua pede um maior cuidado, pois exige mais conhecimento corporal ao lidar com solos diferentes e mudanças climáticas.

Adaptar a corrida ao seu contexto é o melhor cálculo que você pode fazer. Experimente horários, treinos alternados ou períodos maiores para cada tipo. Caso queira, há outra escolha possível, com potencial de ajudar outras pessoas como você. Compartilhe agora este texto nas suas redes sociais.

Para nós, todo movimento importa! Aproveite a baixe o nosso e-book gratuito para praticar exercícios no modelo home-office:

Comentários

Você também pode gostar
-