Cadastre-se para receber atualizações por e-mail

x
x
Diabetes no inverno: veja 5 cuidados essenciais que você precisa ter

Diabetes no inverno: veja 5 cuidados essenciais que você precisa ter

4 minutos para ler

Durante o inverno, alguns hábitos se tornam mais frequentes entre a população. Essa mudança de rotina, por outro lado, pode ser prejudicial para a pessoa com diabetes. A redução da prática de atividades físicas, a permanência por maior tempo em casa e o consumo elevado de calorias, por exemplo, podem elevar o nível de açúcar no sangue.

Hábitos prejudiciais, além disso, enfraquecem o sistema imunológico e tornam o organismo mais suscetível a doenças predominantes no frio, como a gripe. Desse modo, é fundamental adotar alguns cuidados no dia a dia para manejar a condição no inverno.

Pensando nisso, elencamos 5 dicas para que você saiba quais precauções tomar e lidar bem com a mudança de temperatura. Não deixe de conferir!

1. Mantenha uma alimentação equilibrada

Como já se sabe, no inverno, as pessoas tendem a passar mais tempo dentro de casa. O consumo de calorias sem gasto energético, no entanto, pode levar ao ganho de peso e fazer com que o organismo fique mais resistente à insulina.

Portanto, busque uma alimentação equilibrada nos períodos de frio e cuidado com o sedentarismo. Se necessário, faça a contagem de carboidratos. Uma dica, nesse sentido, é ter em casa lanches menos calóricos, como vegetais, ovos cozidos ou produtos assados. Nozes e biscoitos integrais também são boas escolhas.

2. Hidrate-se ao longo do dia

O consumo de água tem direta relação com o manejo do nível de glicose no sangue. Isso porque a substância vital ajuda a reter o excesso de açúcar, que pode ser eliminado pela urina. Uma dica para lidar bem com diabetes no inverno, portanto, é ter sempre em mãos uma garrafinha com água. Chás ou infusão com frutos e ervas também podem ser boas opções para variar o consumo.

3. Faça testes com frequência

Como visto, a mudança de hábitos no inverno contribui para o aumento do nível de açúcar no sangue. É importante, desse modo, verificar as taxas com certa frequência e prestar atenção nas tendências de aumento ou diminuição delas. Isso, afinal, pode revelar aspectos da sua rotina que deverão ser readaptados. Se sentir necessidade, lembre-se de consultar um médico para esclarecer eventuais dúvidas.

4. Cuide mais da pele

A pele fica naturalmente mais ressecada nos períodos de inverno. A importância de ter atenção a esse aspecto reside no fato de que essa desidratação pode causar irritação na cútis ou pequenas lesões. Se isso ocorrer, a pessoa com diabetes pode, por exemplo, ficar sujeita a bactérias causadoras de infecção.

Passar creme hidratante nos pés e no corpo, portanto, é hábito essencial para evitar problemas e não precisar tratar feridas. Uma dica é deixar o produto no banheiro para aplicá-lo logo após o banho, quando o corpo está aquecido.

5. Proteja seu sistema imunológico

O inverno é a temporada em que as pessoas estão mais suscetíveis à gripe e a doenças que podem ser complicadas em razão do diabetes. Por isso, é importante adotar atitudes para proteger e fortalecer o sistema imunológico e, assim, evitar problemas de saúde. Entre as ações, vale destacar o cuidado com o nível de estresse, a constante higienização das mãos e a busca por vacinas, se necessário.

A rotina durante o inverno pode ser alterada drasticamente, o que também afeta o manejo do diabetes. Por esse motivo é importante estar atento aos cuidados diários, de modo a evitar o agravamento da condição no inverno ou o enfraquecimento do sistema imunológico. Além dos hábitos, é fundamental estar atento também ao armazenamento da insulina nessa época do ano.

Deixar a substância no exterior ao sair de casa, por exemplo, pode afetá-la. Vale destacar, nesse sentido, que a insulina congela quando submetida a uma temperatura próxima de 0º Celsius e pode perder a sua eficácia. Portanto, lembre-se de evitar a exposição do componente ao frio, bem como o medidor de glicose. Se necessário, carregue o material junto ao corpo ao sair de casa.

E então? Gostou das nossas dicas? Para conferir mais conteúdos como este, siga-nos nas redes sociais. Estamos no Facebook, no Instagram e no LinkedIn.

Para complementar a sua leitura, separamos esse e-book gratuito sobre os cuidados com a pele que as pessoas que têm diabetes precisam tomar. Para baixá-lo, basta clicar abaixo:

Comentários

Você também pode gostar
-