Cadastre-se para receber atualizações por e-mail

x
x
Saiba as vantagens e as desvantagens da consulta online

Saiba as vantagens e as desvantagens da consulta online

Saiba as vantagens e as desvantagens da consulta on-line
9 minutos para ler

Devido à pandemia e ao distanciamento social, a consulta online tornou-se, hoje, não um imperativo ou uma necessidade, mas algo comum a que muitas pessoas recorrem.

Se antigamente o estigma para com o on-line e para com consultas online era a ordem do universo social, atualmente pode-se dizer que a sua imprescindibilidade é, às vezes, uma máxima.

Há muitas pessoas vulneráveis que, a título de exemplo, têm muitos problemas de locomoção, os quais as impedem de ir realizar uma pequena sessão de laserterapia.

Dada essa conjuntura, é recomendável a elas que deem predileção às videoconferências e às visitas aos médicos virtualmente, uma vez que lhes facilita, reciprocamente, o trabalho do médico e a consulta do paciente.

Apesar de todos esses benefícios, não se podem estimar tanto os pontos positivos, uma vez que há, do lado inverso, igualmente, alguns malefícios de se realizar consultas online.

Eles, entretanto, não servem à sua desqualificação, visto que estas podem ser semelhantes a consultas offline também.

A fim de que se esclareçam melhor os benefícios e os malefícios das consultas online, este artigo se encarregará de abordar todos os aspectos que a compõem e, também, os motivos pelos quais é interessante aderir a ela.

O que é consulta online?

Ao modo que o nome sugere, a consulta online é uma modalidade da telemedicina em que o visitante vai ao médico e ao hospital, mas virtualmente.

Nesse sentido, não há nenhuma espécie de contato direto e físico entre o consulente e o médico, pois o contato é feito sumariamente on-line.

Então, a título de exemplo, se um idoso em quase estado de inércia precisa muito de realizar um mapeamento de retina, mas não pode se deslocar em direção ao hospital, é aconselhável a ele, neste caso, que pelo menos uma parte dessa consulta se faça offline.

Apesar de, inicialmente, esse formato ter suscitado muitas polêmicas devido à sua parcial ineficácia, a verdade é que esse modelo tornou-se imprescindível ao cenário em que se vive, porque a pandemia assola, mesmo após muito tempo, o planeta.

O caráter de remissão que apresentou a pandemia, entretanto, não foi o suficiente para afastar a telemedicina das vias das pessoas.

A comodidade dessa modalidade é muito maior e, devido a isso, elas preferem consultar-se on-line. Seja para fazer uma avaliação de preenchimento labial masculino ou feminino.

A título de conhecimento, é necessário saber que as consultas online são regulamentadas legalmente pelo Ministério da Saúde desde o início da pandemia, isto é, desde o início de 2020. De outra vez, portanto, ela não tinha estatuto legal e raramente era executada.

Quando é necessário realizar este tipo de consulta?

No entanto, conforme o que foi dito anteriormente, a pandemia de Covid-19 foi o propulsor que fez com que a telemedicina e as consultas online se tornassem parte indissociável do dia a dia das pessoas.

Por isso, é comum que hospitais especializados em, por exemplo, reabilitação em PCD optem por fazê-la mesmo atualmente, período no qual a pandemia aparentemente fez-se baixar mais sutilmente.

Entretanto, apesar da sua grande prevalência, não é para ela que os médicos convergem quando o assunto é recomendar, porque ela é ineficiente em muitos aspectos. Portanto, privilegiam-se as consultas online nestes casos:

  • Prescrição de remédios;
  • Recomendação de repouso;
  • Check-up inicial;
  • Cessão de atestados.

Nesses casos aos quais a lista faz menção, é possível dar preferência a uma consulta online. Em casos mais graves, contudo, faz-se necessário ir presencialmente ao médico.

Para que pacientes e médicos acedam ao recurso da telemedicina, é comum que estes preencham formulários e prontuários em um sistema on-line e eletrônico. Pelo qual, igualmente, eles fazem a assinatura em um certificado digital.

Este último é válido em qualquer local, à mesma maneira que um carimbo ou uma assinatura comum.

Hoje, muitos prontuários e fichas médicas têm inscrição de código QR de autenticidade, elemento que permite ao paciente, por exemplo, verificar se os dados e as informações dos papéis condizem com as descritas nos documentos on-line.

Isso faz que se evitem fraudes, por exemplo, em clínicas para dependentes químicos por exemplo. 

Fora isso tudo, a consulta telemédica permite aos pacientes, igualmente, checar o seu próprio histórico de receitas, prontuários e atestados, já que os hospitais que se servem desse recurso geralmente têm plataformas concebidas para a telemedicina.

Como funciona uma consulta online?

Nas consultas on-line, o paciente e o médico não entram em contato físico. Geralmente, elas ocorrem por intermédio de aplicações, sites ou plataformas que são concebidas especialmente para a telemedicina.

Os médicos, por sua vez, a consulta consegue recomendar e elencar de acordo com a disponibilidade e acessibilidade ao paciente. Em geral, as plataformas e/ou aplicações de telemedicina indicam informações mais precisas acerca da disponibilidade deles.

A consulta telemédica é reputada pelos seus benefícios, visto que ela concede aos pacientes a possibilidade de se consultar com médicos que, às vezes, estão mesmo fora do seu país de origem.

Visada essa possibilidade, é comum hoje se ver clínicas que têm caráter híbrido, ou seja, que atuam concomitantemente on-line e offline.

Essa característica não somente facilita o trabalho dos médicos e a vida dos pacientes, mas também faz com que os hospitais tenham de gastar menos com recursos financeiros.

As vantagens da consulta online

De acordo com o que foi dito anteriormente, é possível ver muitos prós de se realizar consultas on-line. Entretanto, há, igualmente, desvantagens e malefícios, dos quais se tomará conhecimento.

A fim de esclarecê-los a consistência, este artigo falará, em seguida, das vantagens neste momento.

Otimização de tempo

Se há um benefício que transparece claramente na adesão da consulta online, certamente é o ato de poupar tempo.

Por exemplo, se um futuro bombeiro precisa de ir ao médico, mas não lhe há tempo devido à sua necessidade se fazer presente em um curso de treinamentos de bombeiro, ele, o bombeiro, pode optar por realizar uma consulta online.

Para além de conseguir fazê-la em tempo hábil, será-lhe possível, igualmente, proceder à consulta de maneira muito mais cômoda, visto que ele não precisará, em momento algum, deslocar-se presencialmente em direção ao hospital.

Nesse sentido, é essencial que ele realize uma pesquisa criteriosa acerca do médico com quem ele se consultará.

Melhor organização

Devido à existência de hospitais físicos residir em escritórios compartilhados, é comum que pilhas de documentos e papéis, alguns usuais, outros não tão úteis, façam-se aos montes em mesas e em outros espaços.

Em se tratando de consultas de telemedicina, entretanto, o cenário é outro, visto que há uma organização feita de modo on-line.

Isso permite, prontamente, um acesso mais facilitado às documentações e às informações concernentes ao paciente, por exemplo.

Os sistemas de nuvem integrados às plataformas de telemedicina são, nesse sentido, um advento tecnológico extremamente interessante. Uma vez que aportam facilidade e comodidade a médicos e pacientes.

As desvantagens da consulta online

Não obstante ser repleta de vantagens a consulta feita via internet, há, igualmente, muitas desvantagens em se tratando dela.

Médicos despreparados ou mal treinados

Primeiramente, é possível salientar o fato de que nem todos os médicos são inclináveis ou dispostos a realizá-las. Além disso, às vezes, alguns sequer estão aptos a fazê-las.

Para tanto, é interessante contar com treinamentos Nr, a fim de lhes proporcionar as capacidades que os permitem fazê-las.

Diagnósticos imprecisos

Em virtude de haver uma grande distância entre pacientes e médicos, as teleconsultas são igualmente conhecidas pela sua imprecisão quanto à precisão dos diagnósticos.

Outra coisa que faz que ocorram imprecisões nos diagnósticos diz respeito aos, igualmente, problemas técnicos que decorrem dessa abordagem de consulta.

A má interpretação das informações obtidas pelo paciente pode resultar em indicações ou prescrições erradas. Nesse sentido, seria mais conveniente optar por uma consulta online, na qual geralmente se incorre menos em erros.

Além disso, caso haja um diagnóstico pouco preciso, as possibilidades de prescrições e de recomendações são minadas.

Não bastasse essa problemática toda, um paciente pode, igualmente, ainda com relação à qualidade dos diagnósticos, omitir seus sintomas ou não demonstrar tê-los. Pois o campo de visão do médico é obstruído pelo enquadramento da câmera.

As consultas virtuais farão parte do cotidiano?

Antes da pandemia de Covid-19, criava-se frequentemente na ideia de que a medicina só podia ser feita presencialmente.

Entretanto, em virtude do distanciamento social e do alavancamento dos números de casos desta, a telemedicina tornou-se imprescindível a muitos. Visto que a complexidade do cenário parecia, ao invés de baixar, aumentar cada vez mais.

Hoje, as consultas virtuais são parte integrante e essencial do cotidiano das pessoas e dos médicos. No entanto, há, nelas, vantagens e desvantagens que o Ministério da Saúde deve considerar.

Na hora de realizá-las, portanto, é crucial que se tenha conhecimento preciso acerca dos médicos e do hospital com quem se fará. Uma vez que eles são os principais responsáveis pela qualidade delas.

Veja agora como a telemedicina pode ajudar no tratamento de doenças crônicas de saúde como o diabetes, por exemplo.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Comentários

Você também pode gostar
-