Aprenda agora como usar o cartão de crédito sem perder o controle

7 minutos para ler

Para lidar bem com o dinheiro é preciso saber como utilizar as várias modalidades de pagamento da vida moderna. E, hoje, um dos principais desafios disso é entender como usar o cartão de crédito de forma responsável.

É comum que o cartão seja encarado como um grande vilão das contas das pessoas, e não sem motivo. De acordo com o Banco Central, R$ 2 de cada R$ 5 de saldos inadimplentes vêm de dívidas com o rotativo do cartão de crédito, e essa inadimplência atinge 62 milhões de brasileiros, segundo dados de 2018.

Apesar de estatísticas como essas, você não precisa cortar o cartão de crédito da sua vida. Em vez disso, é possível aprender a usá-lo de forma responsável para manter as suas finanças mais organizadas — e é justamente disso que vamos falar neste artigo. Continue lendo para conferir!

Quais são os principais desafios de usar o cartão de crédito corretamente?

Usar o cartão de crédito de forma responsável pode ser realmente difícil para algumas pessoas. Na prática, ele funciona como uma pessoa disposta a te emprestar dinheiro para que você possa fazer aquelas compras de que precisa, mas não tem como pagar agora. A conta disso, porém, acaba chegando, e pode comprometer seriamente o seu orçamento se você não estiver preparado.

Um dos principais desafios é, justamente, deixar de encarar o cartão de crédito como um método de pagamento sem compromisso. A mudança de mentalidade que você precisa fazer aqui é decidir usar o cartão de crédito apenas para compras cujos valores você conseguiria pagar hoje, o que nem sempre é fácil.

Nesse sentido, a entrada recorrente de dinheiro (como na forma de um salário fixo, por exemplo) pode ajudar bastante a manter o cartão de crédito funcionando. Pense que, se o dinheiro precisa sair para pagar a fatura, ele também deve entrar todo mês.

Como usar o cartão de crédito sem perder o controle?

Como já dissemos, você não precisa descartar o cartão de crédito para que ele não se torne o vilão da sua vida financeira. Basta cultivar alguns hábitos saudáveis e mudar um pouco a maneira como ele é usado no seu dia a dia.

A seguir, confira as melhores dicas para usar o cartão de crédito de forma responsável!

Entenda que o cartão não é dinheiro grátis

Muita gente enxerga o cartão de crédito como um recurso que não requer responsabilidades, já que, com ele, o pagamento não precisa ser feito na hora da compra. Mas, infelizmente, isso acaba sendo decisivo para a geração de muitas dívidas.

Então, enxergue o seu cartão de crédito pelo que ele é: um meio de adiar o pagamento de uma ou mais compras. Você precisará pagar por elas eventualmente, por isso, certifique-se sempre de que você terá renda suficiente quando essa fatura chegar.

Use o seu limite de forma saudável

O limite do cartão de crédito não deve ser encarado como o seu máximo de gastos. Na verdade, esse valor representa o que você poderá gastar caso precise comprar um produto parcelado, cujo valor total pode impactar o seu equilíbrio financeiro no mês. Exemplos disso são passagens áreas e outras despesas com viagens que se pagas de uma vez só podem comprometer o seu orçamento mensal.

Quanto mais alto for o seu limite, mais crédito você tem na praça e isso é bom! Mas isso não significa que você tenha que utilizá-lo todo mês de uma vez só. Concetre os seus gastos de cartão de créditos em no máximo 20% da sua renda mensal. Se a tentação for grande em usar o limite inteiro, é recomendável então diminuir drasticamente junto ao seu banco.

Tome cuidado com os parcelamentos

Como citamos acima, parcelar uma compra é uma forma de dividir o seu valor em vários meses, facilitando o seu encaixe no orçamento. Não é difícil, porém, que esse hábito saia do controle e se transforme em uma bola de neve financeira, comprometendo as suas contas a médio e longo prazos.

Antes de qualquer coisa, tenha atenção aos juros do pagamento parcelado. Prefira sempre optar pelo máximo de parcelamento sem juros. Também, fique de olho no acúmulo de parcelas de várias compras diferentes, que podem engordar as suas próximas faturas.

Prefira pagamentos à vista

Esta dica é complementar à anterior: muitas vezes, é possível conseguir descontos no valor das compras ao optar por pagamento à vista. Assim, além de pagar menos, você não compromete as suas próximas faturas com essa compra.

Compare sempre o preço à vista ao da compra parcelada — de preferência, fazendo a conta de multiplicação para ver se os valores batem. Na maior parte dos casos, o pagamento à vista é mais vantajoso e deve ser o escolhido.

Entenda os seus hábitos de compra

A partir de um bom controle dos seus gastos com cartão de crédito, é possível começar a entender melhor quais são os seus hábitos de compra. Isso é fundamental para que você encontre cada vez mais oportunidades para conter os seus gastos.

Por exemplo: ao acompanhar algumas faturas, você pode perceber que gasta demais com certos produtos ou serviços que não são essenciais. Esse é o momento, então, de considerar se não vale a pena abrir mão de alguns deles ou, ao menos, diminuir o seu consumo.

Nunca pague apenas o mínimo

Os bancos costumam dar aos seus clientes a opção de pagar somente um valor mínimo na fatura do cartão de crédito, que é sempre um valor bem mais baixo do que a cobrança total. Apesar de tentadora, é importante que você resista a essa opção, pois ela pode comprometer (e muito!) o seu orçamento.

Isso porque, ao pagar o valor mínimo, você passa a dever o restante da fatura a juros e prestações definidas pela operadora do cartão de crédito. E essas condições tendem a chegar a um valor muito maior do que você pagaria originalmente se optasse pelo pagamento total.

Acompanhe suas despesas de perto

Viver sem saber aonde estão indo os seus gastos é uma forma bastante rápida de comprometer o seu dinheiro — além de gerar muita dor de cabeça e insegurança, certo? Por isso, para usar o cartão de crédito corretamente é fundamental estar por dentro de todos os seus lançamentos do mês.

Hoje em dia, com toda a tecnologia que as operadoras oferecem, já é possível usar aplicativos móveis para acompanhar as movimentações do seu cartão de crédito. Então, não hesite em utilizar essa facilidade para se certificar de que ele está sendo usado adequadamente e livre de fraudes!

Enfim, entendeu como usar o cartão de crédito de maneira mais responsável? Como vimos, ele não precisa ser um vilão do seu orçamento, podendo até ser um aliado na sua organização financeira. Para isso, basta ter responsabilidade e saber se planejar. Lembre-se: controlar os seus gastos também envolve usar seus recursos de maneira mais estratégica.

Gostou da leitura? Que tal continuar aprendendo a fazer as suas economias gerarem mais valor? Aqui no blog nós também ensinamos como poupar dinheiro da maneira certa. Confira!

A WinSocial ajuda a planejar o seu seguro. Você pode fazer uma simulação gratuita em nosso site para começar a se proteger hoje.

Comentários

Você também pode gostar
-