Cadastre-se para receber atualizações por e-mail

x
x
Entenda o que é e como fazer uma previdência privada - Blog WinSocial

Entenda o que é e como fazer uma previdência privada

6 minutos para ler

Uma das formas de trabalhar para garantir um futuro mais tranquilo consiste em investir hoje para resgatar amanhã. Por essa razão, saber como fazer uma previdência privada pode facilitar muito a opção pela alternativa mais adequada.

Nesse sentido, um plano de previdência privada tem natureza de investimento e de seguro, com os benefícios dos dois caminhos. Constitui a iniciativa que promove uma aplicação para um resgate com lucros, assim como garante um amparo para o futuro.

Continue a leitura e entenda o que é e como fazer uma previdência privada.

O que é previdência privada?

A previdência privada ou previdência complementar é uma forma de planejar e construir um futuro tranquilo no médio e longo prazo. Na verdade, trata-se de um dos melhores investimentos de longo prazo que se pode fazer.

É assunto para o jovem e para a pessoa madura, uma vez que é ideal para períodos mais extensos. Assim, quanto mais jovem for o investidor, melhor será para garantir os benefícios do investimento.

Em sua composição, a previdência privada se caracteriza por apresentar dois períodos distintos: o primeiro, de acumulação e o segundo, de resgate ou de renda. Esse tipo de investimento precisa ser regido por um fundo e é oferecido por bancos e corretoras financeiras.

Como funciona?

O investidor, na fase de acumulação, faz depósitos periódicos durante alguns anos. Posteriormente, na fase de resgate, pode optar por sacar todo o capital investido com os devidos lucros e descontos ou planejar retiradas mensais como uma aposentadoria.

Quando o plano é oferecido pelo próprio banco no qual o investidor é correntista, os depósitos podem ser debitados diretamente da conta do interessado. Nos demais casos, são emitidos boletos que podem ser cadastrados em débito automático, se for do interesse do investidor.

Antes de fazer o seu plano de previdência privada, você deve dispor das seguintes informações:

  • quando deseja iniciar a aplicação;
  • quando deseja começar a resgatar;
  • quanto deseja receber mensalmente no resgate.

Com esses 3 parâmetros definidos, é possível identificar o valor mensal a ser depositado. A seguir, o próximo passo é escolher o tipo de plano mais adequado ao seu perfil.

Quais os principais tipos existentes?

No Brasil, atualmente, existem dois tipos de planos de previdência privada: o PGBL e o VGBL. Essencialmente, os dois tipos se baseiam em aportes mensais e um resgate após alguns anos de depósito. Conheça as características de cada um.

PGBL

O Plano Gerador de Benefício Livre (PGBL) é o tipo mais indicado para as pessoas que fazem a declaração completa do imposto de renda. Nesse caso, é possível considerar sua dedução em até 12% da base tributável do imposto, ou seja, até 12% do que foi investido pode ser deduzido.

Outra característica do PGBL é que seu valor de resgate não entra em inventário. Assim, se houver óbito da pessoa que investiu, os valores de resgate vão para os beneficiários do investidor que foram indicados quando da contratação.

Existe um período de carência para que seja possível o resgate dos valores aplicados. Esse prazo é definido na contratação e varia entre 2 e 24 meses, conforme a instituição financeira.

Na fase de resgate, no PGBL incidem as taxas de administração e carregamento. Além disso, o imposto de renda incidirá sobre o valor total acumulado e não apenas sobre o rendimento auferido com o investimento.

VGBL

O plano Vida Gerador de Benefício Livre (VGBL) é mais indicado para as pessoas que fazem a declaração simplificada do imposto de renda, pois não é dedutível na declaração. Por sua vez, no momento do resgate o imposto de renda incide apenas sobre os rendimentos obtidos com o investimento.

Asim como no caso do PGBL, o resgate do VGBL também não vai a inventário. Desse modo, havendo óbito do investidor, o valor do resgate segue para os beneficiários indicados.

Quais os principais benefícios de uma previdência privada?

A própria natureza de um plano de previdência privada é de consideração com o futuro. Assim, seja para manter as condições atuais, seja para aprimorar o que se tem, trata-se de um investimento que se faz hoje para colher os seus frutos amanhã. Os principais benefícios podem ser vistos a seguir.

Poder planejar um futuro mais tranquilo

Poder planejar as ações do presente para garantir tranquilidade no futuro é talvez o melhor investimento que se possa fazer. A previdência privada realiza essa proposta de garantir o que vai sendo acumulado mês a mês para resgatá-lo no futuro com lucros, de modo a dispor de segurança e tranquilidade.

Manter o padrão após a aposentadoria

Muita gente ao se aposentar regride no padrão de vida que mantinha enquanto estava ativo. Para essas pessoas, um plano de previdência privada é capaz de complementar os valores recebidos pela aposentadoria, de modo a garantir que não haja retrocesso no modo de vida adotado.

Garantir a segurança da família

Como um seguro que se faz para não deixar a família desamparada no caso de uma partida repentina, o plano de previdência privada também traz essa garantia de segurança. Trata-se de uma disciplina para guardar dinheiro e garanti-lo no futuro, mesmo se a atividade produtiva se encerrar.

Preservar e aumentar o patrimônio

O patrimônio que se construir ao longo da vida precisará ser mantido e, a partir daí, ampliado. Desse modo, na fase de planejamento para a contratação de um plano de previdência privada é possível dimensionar o que se pretende alcançar e o prazo necessário para fazê-lo.

Como escolher a melhor corretora?

Para realizar seus investimentos e, em especial, quando se tratar de previdência privada, procure por uma corretora especializada. Verifique a experiência em seguro e previdência e, sobretudo, se a corretora possui uma linha especial para a pessoa com diabetes.

Além disso, leve em conta os parceiros financeiros e a experiência que agregam à corretora. Assim, uma boa assessoria com expertise na condição de diabetes pode facilitar as opções e mostrar os caminhos mais fáceis e seguros.

Para esse fim, considere a WinSocial e descubra como fazer uma previdência privada. Conheça nossos parceiros, nossa dedicação às pessoas com diabetes e as facilidades que oferecemos.

Entre em contato conosco e descubra o que uma corretora pode oferecer de melhor.

Comentários

Você também pode gostar
-