Descubra como fazer uma planilha de controle financeiro eficiente

6 minutos para ler

Saber como fazer uma planilha de controle financeiro é de extrema relevância para qualquer pessoa, principalmente em períodos de instabilidade econômica, em que o desemprego aumenta e a inflação pode ser elevada.

Além de regular as contas no final do mês, monitorar receitas e gastos pessoais auxilia no controle sobre o próprio dinheiro e contribui para a construção de uma vida equilibrada e saudável, independente de desequilíbrios externos.

Pensando nisso, elencamos para você alguns tópicos explicativos sobre os benefícios de ter uma planilha de controle e algumas dicas de como elaborá-la de maneira eficiente. Não deixe de conferir!

Por que fazer uma planilha de controle financeiro é importante?

A construção de uma vida financeira satisfatória começa pelo controle rígido sobre os próprios recursos. Muitos, por não saberem administrar os rendimentos, perdem a oportunidade de usufruir de uma vida tranquila e de garantir uma boa velhice.

Para evitar que isso aconteça, algumas análises sobre a sua vida financeira devem ser feitas e, em seguida, organizadas no papel. Dessa forma, será possível compreender e, assim, controlar seus gastos e despesas pessoais. Entretanto, apesar da dificuldade inicial para redigir todos os dados necessários, é possível criar ao longo do tempo o hábito de fazer os registros. Os benefícios decorrentes disso são inúmeros. Confira agora as vantagens de adquirir esse hábito!

Quais são os benefícios de ter uma planilha de controle?

Guardar mais dinheiro

Ao identificar o destino certo dos seus rendimentos, será possível analisar quais são os gastos necessários e quais são os supérfluos que você mantém. Isso permitirá fazer cortes importantes e, portanto, aumentar o rendimento mensal. Dessa forma, será possível economizar dinheiro e investi-lo para ter recursos extras para emergências e para a aposentadoria.

Melhorar o planejamento financeiro

Outro grande benefício agregado é o aumento do planejamento financeiro, que se torna efetivo por meio da planilha de controle. Isso porque, com todos os registros em mãos, será possível visualizar suas despesas e, assim, controlar e projetar custos. Desse modo, você será capaz de se antecipar a gastos futuros, organizando-os da maneira que desejar.

Cortar gastos desnecessários

O hábito de anotar a destinação dos recursos permite identificar com maior facilidade quais são os excessos aos quais você costuma ceder. Jantares fora de casa com frequência e gastos com lavanderia, por exemplo, podem ser prioridade para você, porém, consomem recursos e impedem que você gaste com coisas mais importantes.

Atingir metas

Com um bom planejamento financeiro, será possível realizar aquela viagem dos sonhos ou, então, fazer um curso que deseja para aprimorar os seus conhecimentos. Um bom controle sobre a entrada e saída de recursos permite que você tenha um melhor desempenho em relação a metas pessoais. Vale lembrar que essas conquistas também constituem grande incentivo para continuar fiel a um planejamento sólido.

O que não pode faltar para um controle financeiro eficiente?

Receitas fixas e variáveis

Não é possível fazer um controle eficiente se não houver uma previsibilidade de receitas, somando as fixas e as variáveis. É somente obtendo uma média da entrada de recursos que poderão ser estipuladas as porcentagens devidas para a quitação de dívidas e para o pagamento de despesas necessárias, por exemplo.

Powered by Rock Convert

Despesas fixas e variáveis

A segunda informação básica a ser registrada é referente às despesas. Nesse sentido, é importante que haja uma separação entre as fixas, como aluguéis e contas mensais, e as variáveis, como medicamentos imprevistos e compras fora do padrão. Com esses dados, será possível estabelecer um fluxo de caixa, visualizando o que entra e o que sai mensalmente da sua conta em dado período de tempo.

Saldo patrimonial

Observando o saldo patrimonial, a partir do fluxo de caixa, será possível perceber qual é o montante que você consegue manter ao final do mês. Essa análise é de extrema importância para o seu controle financeiro pessoal e para que você possa cumprir as obrigações às quais está vinculado, sem comprometer gastos essenciais, como os com a saúde.

Prioridades financeiras e investimentos

Após organizar informações sobre o saldo patrimonial, estipule prioridades financeiras. Primeiramente, é importante estabelecer porcentagens para quitar dívidas com cartão de crédito, cheque especial e outros empréstimos pessoais.

Além de destinar recursos para saldar as obrigações, entretanto, é muito importante destinar uma parcela do saldo para investir. Dessa forma, com o tempo não só as dívidas serão resolvidas, mas você também terá uma boa reserva para imprevistos e emergências.

Gastos com estilo de vida

Os gastos relacionados ao estilo de vida são aqueles relacionados aos seus hobbies e aos momentos de lazer.

Apesar de serem facilmente enxugados, não é recomendado que o corte de gastos nessa área seja feito de maneira brusca ou em excesso. Afinal, os momentos de diversão são os que animam e dão força para continuar lutando por um projeto de vida saudável. Excessos, entretanto, devem ser reavaliados. É preciso encontrar um equilíbrio para que o lazer não impeça você de ter uma vida equilibrada financeiramente.

Custos de tratamento

Custos com tratamento são indispensáveis para a manutenção da saúde e, via de regra, constituem despesas fixas. Pessoas com diabetes, por exemplo, precisam seguir o tratamento adequado, o que implica na compra de insumos para controlar os níveis de açúcar, e/ou na utilizacão de medicamentos específicos.

É importante que todos esses gastos essenciais estejam contabilizados no mês para que tenham destinação certa e prioritária no orçamento mensal. É interessante, nesse sentido, contabilizar uma média de gastos para que você possa reservar essa porcentagem.

Ter um controle financeiro pessoal eficiente, além de aliviar o orçamento, contribui para a qualidade de vida de todos. Isso porque o equilíbrio das contas traz a segurança material, necessária para que você desfrute de maiores momentos de lazer e diversão.

Além disso, o planejamento permite atingir metas pessoais e construir reservas de investimentos, pensando em um futuro com possíveis imprevistos e emergências. Para tanto, é importante saber como fazer uma planilha de controle financeiro. Somente dessa maneira você poderá acompanhar o seu desempenho e reorganizar a vida financeira, cortando gastos desnecessários e livrando-se de dívidas pendentes.

E então, gostou das nossas dicas? Complete a sua leitura e descubra tudo sobre imposto de renda e diabetes!

Comentários

Você também pode gostar
-