Conheça os alimentos que ajudam na absorção de insulina

6 minutos para ler

A alimentação de quem tem diabetes deve ser saudável e com boas escolhas alimentares. A pessoa precisa ter um estilo de vida com bons hábitos nutricionais. Não necessariamente no sentido de procurar emagrecer, mas sim na busca de alimentos que ajudem a absorver a insulina e proporcionar mais saúde.

Ainda que tais alimentos nem sempre façam uma mágica de diminuir o nível de glicose, são importantes para regular os hormônios e podem ajudar a diminuir o índice glicêmico dos alimentos, evitando pico de produção de insulina, no caso de algumas pessoas com diabetes tipo 2, ou pico de glicemia para quem tem diabetes tipo 1. Sendo assim, veja alguns que são recomendados por nutricionistas. Acompanhe a leitura!

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Alimentos amigos de quem tem diabetes

Vegetais sem amido

Eles proporcionam saciedade e, ainda, boa nutrição. Além disso, ajudam a manter o nível de glicose equilibrado, por ter baixo índice glicêmico, sendo uma boa pedida para quem tem diabetes. Podemos incluir nessa lista: brócolis, couve-flor, folhas verdes, pimenta, cebola, alho-poró, vagem, pepino. O brócolis, aliás, foi analisado em um estudo e demonstrou eficácia ao reduzir a produção de glicose no fígado. O efeito seria semelhante ao do medicamento cloridrato de metformina. O ideal é incluir um pouco de cada vegetal, de forma variada, em todas as refeições.

Blueberry

Essa frutinha de nome chique também pode ser chamada de mirtilo. Ela tem um antioxidante capaz de captar a glicose das células do corpo. Com isso, o açúcar do sangue é melhor aproveitado. É uma fruta versátil, pois pode ser usada em bolos integrais, em saladas e até ingerida pura.

Feijão

Ainda que seja um carboidrato, ele ajuda a estabilizar o nível de glicose no sangue, sobretudo se combinado com folhas e legumes verdes. Além das vitaminas e minerais, ele oferece fibras, o que faz com que a pessoa se sinta mais saciada rapidamente. A absorção lenta do carboidrato evita os picos de insulina e de glicose no sangue.

Aveia

A betaglucana, fibra presente na aveia, se transforma em um gel grosso, retardando a absorção de glicose no sangue e o esvaziamento do estômago. Dessa forma, pode ajudar a glicemia a ficra mais estável. Também é composta por vitamina B6, vitamina B3, fósforo, zinco e manganês. A aveia pode ser usada de diversas formas: no mingau, em vitaminas, em cookies e até na sopa.

Batata yacon

Na lista dos melhores alimentos para pessoas com diabetes, ela tem conquistado o coração (e o cardápio) de muitas pessoas que convivem essa condição e o colesterol. Essa batata é rica em frutooligossacarídeos, que agem de maneira parecida com as fibras no organismo e auxiliam no equilíbrio da glicemia. O carboidrato é absorvido de forma lenta, evitando os picos de glicose no sangue. Além disso, tem poucas calorias, regula o intestino, aumenta a saciedade bem como a imunidade.

Linhaça

Essa planta é conhecida desde 5 mil a.C., da região da Mesopotâmia. Além de ajudar a regular os níveis de glicose no organismo, também beneficia intestino, coração, cérebro e previne alguns tipos de câncer. As fibras presentes na semente ajudam a reduzir o acúmulo de gordura no corpo, podendo ajudar a diminuir a resistência à insulina. As linhaças contêm lignanas, que funcionam como os hormônios femininos e são muito bons para a saúde dos ossos da mulher. Pode ser usada em sucos e iogurtes, por exemplo.

Tomate

Cru ou cozido, em molhos, saladas ou sanduíches, o tomate beneficia quem tem diabetes. Além de ajudar a regular a glicose, por ter baixo índice glicêmico, ele tem vitamina E, vitamina C e licopeno — esse último conhecido por ser anticancerígeno. Já os antioxidantes presentes auxiliam a deixar os vasos sanguíneos saudáveis.

Powered by Rock Convert

Abacate

A gordura boa presente na fruta ajuda a equilibrar a velocidade na liberação da glicose no sangue. Também é fonte de beta-sitosterol, um anti-inflamatório. Duas colheres de sopa da fruta, por dia, já proporcionam grandes benefícios ao organismo. Existem vários modos de consumi-lo, podendo ser usado em receitas doces ou salgadas. A guacamole é uma boa pedida, por levar junto o tomate, que, como já dito, é também benéfico.

Maçã

A maçã tem fibras, como a pectina, que ajuda a diminuir o índice glicêmico da refeição. Dessa forma, o organismo absorve a glicose de maneira mais gradativa. A substância também ajuda a regular o intestino e a dar saciedade. A fruta apresenta mais vantagens, como evitar o envelhecimento precoce e combater a anemia. O recomendado é uma maçã por dia.

Canela

Essa especiaria também auxilia no controle glicêmico, impedindo que o açúcar seja liberado de forma rápida no sangue. Também previne doenças cardíacas e ajuda a equilibrar os níveis de colesterol. Além disso, o poder termogênico acelera o metabolismo. Pode ser acrescentada em vitaminas, no mingau e em bolos integrais.

Ovo

Além de ser muito rico em proteína e ajudar na construção dos músculos, o ovo contém vitamina B12, vitamina D e gorduras saudáveis. É digerido pelo organismo de forma fácil e ajuda a regular a quantidade de açúcar no sangue. Pode ser consumido de várias formas: cozido na salada, mexido, na omelete. Se optar por fritar, prefira uma frigideira que não precise usar muito óleo.

Iogurte desnatado

Na forma desnatada, o iogurte regula a velocidade da glicose liberada no sangue, por conta da alta quantidade de proteína. Além disso, ele é excelente para ajudar no funcionamento do intestino, prevenindo a prisão de ventre. Contudo, o ideal é escolher as versões mais limpas, sem qualquer tipo de açúcar e xarope. Pode ser consumido com frutas, e muitos nutricionistas liberam o adoçante stevia.

Feno-grego

Dessa especiaria podem ser aproveitadas as folhas e as sementes, pois ambas auxiliam quem tem diabetes. As primeiras podem ser consumidas em forma de chá. As segundas contêm fibras, que fazem com que a digestão de carboidratos seja mais lenta.

Chá verde

A planta contém polifenóis, tendo ação antioxidante no organismo. Assim como os demais alimentos apresentados, o chá-verde ajuda e diminuir os níveis de açúcar no corpo, ao modificar a absorção dos amidos. Pode ser consumido quente ou frio, apenas é bom evitar colocar açúcar.

Apesar de todos esses alimentos para diabéticos sugeridos serem ótimos para regular o açúcar no sangue, é importante fazer a monitoração constante da glicose no organismo. Além disso, mantenha em dia os exames e as consultas com o médico e um nutricionista. Não se esqueça de que a prática de atividades físicas também ajuda a regular a homeostase dos hormônios no corpo, inclusive a insulina.

Teve alguma dúvida? Deixe aqui um comentário, que responderemos você!

Comentários

Você também pode gostar
-